15 de jan de 2012

Off-price (Ferreira Gullar)

Off price


Que a sorte me livre do mercado
e que me deixe
continuar fazendo (sem o saber)
                 fora de esquema
                 meu poema
inesperado


                e que eu possa
                cada vez mais desaprender
                de pensar o pensado
e assim poder
reinventar o certo pelo errado

GULLAR, Ferreira. Em alguma parte alguma. Lisboa: Babel, 2010.


via ACONTECIMENTOS

Um comentário:

  1. Achei lindo!! Vou compartilhar no face, tá?
    Bjs
    Cláudia Cunha

    ResponderExcluir