3 de abr de 2012

Gal canta Caetano

Ia escrever sobre as novas canções de Caetano cantadas por Gal no disco/show Recanto, mas ele mesmo já o fez, e bem melhor.

Conheci-as no show da Gal, o que me pareceu ótimo em relação a ouvi-las primeiro no computador.

O lote de músicas reconciliou totalmente meu gosto com o Caetano compositor de que os recentes Cê e Zii & Zie tinham me afastado um pouco (ainda que tenha gostado sempre da sonoridade e das canções antigas com novos timbres e levadas).

Agora ando assoviando funks santamarenses, Neguinho, Recanto e Segunda na cabeça e absolutamente louco por Mansidão, que é mais (ia dizer convencional, mas preferi) buarquiana para meus ouvidos tão cansados, uma das duas não inéditas e que guarda um parentesco melódico com Sou Você, da trilha de Orfeu (o nome de usuário de quem pôs o vídeo no Ytube é Orfeu1948...), assim uma irmã mais dissonante e igualmente bela.

Ah, Gal cantando como nunca, como sempre...