1 de mar de 2012

Foi quando um velho levantou-se da cadeira e saiu assoviando uma triste melodia

Gilberto Gil sobre música e etc. Trecho:

Ah, sim, meter o pé no freio, desacelerar. Um pouco. Eu tenho a impressão de que é a tendência. Agora, de novo, a velha história. Fica aquela questão que os ecologistas trouxeram de forma muito pertinente nos últimos tempos: "Vai dar tempo?". Essa é a grande questão. Não estaríamos já tão acelerados que não teríamos mais condições de pisar o pé no freio sem capotar? Essa é uma pergunta que eu cada vez me faço mais. Os adeptos do conservadorismo produtivista, industrialista, etc., tentam encobrir, mas as especulações que a ciência vem fazendo na moita, em relação a essa questão global, do ponto de vista ecológico, mostram que tanto do ponto de vista ecológico, como do ponto de vista sociológico, econômico, nós estamos numa...
Encruzilhada?

Não, a gente tá numa enrascada! Na encruzilhada, você diz: eu ainda vou pro lado ou pro outro, estou andando! Na enrascada você está meio preso, numa travada braba, acelerou tanto, ia tão picado que não viu a encruzilhada! (risos) Vai ter que voltar atrás.


Entrevista em duas partes. 
Gostei mais da segunda, que fala mais de música.
Quem quiser, lá tem um link pra primeira.

Que canção de Gil pôr aqui?
A primeira que veio na cabeça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário