18 de jul de 2012

Laia ladaia

O mais incrível é que a versão original do disco Transa (1972) parece às vezes mais moderna que a outra, já no século XXI.
A gente não sabe dele, mesmo.
Mas ambas as versões são de apertar o repeat, de novo, de novo, e de novo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário